top of page
Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Twitter Basic Square

REMADAS DE AMOR E CIDADANIA

Melhorar a qualidade de vida e fortalecer a autoestima de mulheres que tiveram câncer de mama têm sido os principais resultados obtidos por meio da parceria firmada entre o Clube Náutico Capibaribe e a Quartzo Rosa, primeira equipe pernambucana de canoagem.

Todos os sábados, o grupo de remadoras encontrou no esporte uma nova maneira de reabilitação e mais motivação para encarar e vencer os desafios do cotidiano. Originado do remo, o Náutico acolheu a ideia e passou a oferecer espaço e equipamentos para a equipe Quartzo Rosa. “Só temos a agradecer ao Náutico que de imediato nos abraçou e esperamos que essa parceria dure por muito tempo. Além dos benefícios físico e mental, estamos tendo a oportunidade de trocar experiências com outras mulheres que se encontram na mesma condição”, destacou Socorro Santos, que nunca havia praticado qualquer tipo de modalidade.

Também estreante no universo esportivo, Luiza Lira reforçou a importância do trabalho realizado nas águas do Rio Capibaribe: “Apesar de não saber nadar, o Náutico e a Quartzo Rosa estão me dando a oportunidade de participar de um convívio social sadio e de novamente superar desafios, de forma disciplinada. Obrigada a todos, em especial, aos treinadores pela determinação e incentivo”.

Apresentada ao Conselho Deliberativo alvirrubro, a iniciativa recebeu aval irrestrito: “Tem sido uma das missões da Mesa Diretora, desde sua posse em janeiro de 2020, oferecer estrutura e qualificação para o remo, tornando-o mais atrativo, como o novo píer de acesso, professores e academia. Criamos as condições favoráveis de conforto e acolhimento às mulheres e nesse caminho surgiu essa parceria cidadã com a Quartzo Rosa. O resultado tem sido muito gratificante e, com isso, esperamos que o trabalho prossiga por muito tempo”, destacou Alexandre Carneiro, presidente do Conselho Deliberativo.

“O Náutico sempre estará à disposição. Esperamos que mais mulheres nos procurem e possamos ampliar o atendimento”, concluiu Luiz Antônio, diretor do Departamento de Remo.









bottom of page