Siga
  • Twitter Basic Square

Criada comissão de inquérito administrativo

O Conselho Deliberativo do Náutico nomeou os cinco integrantes da comissão de inquérito administrativo que irá apurar supostas arbitrariedades cometidas contra os conselheiros Silvio Bourbon Nava, Moacir Pereira da Silva Filho e Éden Teobaldo. O fato a ser apurado é quem teria dado ordem para impedir os conselheiros de entrar no hotel do Centro de Treinamento do Clube, onde iriam fazer uma vistoria. A comissão especial é integrada por Eduardo Albuquerque Campos (Presidente), Valdeck José Siqueira (Vice-Presidente), Gláuber Vasconcelos Neto (Secretário), Felipe Muniz Guerra Nery (membro) e João Gomes da Silva Filho (membro). A perspectiva da comissão é de começar a ouvir testemunhas já na pró

Conselho vai ajudar na recuperação do CT

O Conselho Deliberativo vai apoiar a recuperação do Centro de Treinamento do Náutico. Para tanto, solicitou ao vice-presidente do CT, Ricardo Malta, um levantamento completo do que precisa ser feito no centro, juntamente com o orçamento. Até o final do mês esse documento deverá ser entregue para ser analisado em uma reunião do Conselho. Ricardo Malta esteve presente na última reunião do Conselho, ocorrida em 16/01, e relatou uma série de problemas no local. A Comissão do Conselho que trata do Centro de Treinamento relatou problemas nas condições dos campos, o que foi confirmado pelo vice-presidente do CT. Segundo Ricardo Malta, as dificuldades financeiras estão impedindo a devida manutenção

Instaurado processo administrativo para apurar censura a conselheiros

No último dia 6 de janeiro, os conselheiros Silvio Bourbon, Éden Teobaldo e Moacir Pereira foram impedidos de vistoriar a sede do hotel do Centro de Treinamento do Náutico. Um segurança comunicou que tinha ordem de um diretor (e não citou o nome do responsável) para impedir o acesso do grupo. Essa proibição contraria o Estatuto do clube. Para esclarecer os fatos, os responsáveis pelo CT foram convidados a comparecer à reunião do Conselho Deliberativo do dia 16 de janeiro e explicar o que houve. O vice-presidente do CT, Ricardo Malta, esclareceu que a proibição não partiu dele, ou de qualquer dos responsáveis pelo Centro de Treinamento. No entanto, não revelou quem teria dado a ordem. Ricardo

Comissão Paritária vai em busca de recursos

A primeira reunião de 2017 da Comissão Paritária pela Volta aos Aflitos foi realizada ontem, 10 de janeiro, com uma pauta importantíssima: fonte de recursos para financiar a obra de recuperação do estádio Eládio de Barros. Além de detalharem algumas ações de marketing, já definidas no ano passado, os membros da comissão fizeram uma lista de empresas que serão procuradas para uma possível parceria com o clube para a reforma. "Vamos priorizar as empresas que já têm relação com o Náutico, que já apoiam ou apoiaram o clube. Mas também vamos ousar, buscar novas parcerias. Precisamos arrecadar o máximo possível para a recuperação do estádio, e temos pressa", adianta Diógenes Braga, titular da past

Posts Recentes
Posts Em Destaque
Arquivo
Procurar por tags